É o sonho de muitas mulheres terem os seios bonitos e turbinados. A cirurgia de implante de silicone está no topo da lista de cirurgias estéticas realizadas no Brasil. Mas este não é um procedimento simples. Existem muitos cuidados e informações que precisam ser conhecidos pela paciente antes de realizar um implante de prótese de silicone.

O ideal é que exista uma conversa aberta e franca com o médico responsável pela cirurgia, pois a sintonia entre médico e paciente que decidirão o perfil ideal de prótese que traga equilíbrio e naturalidade para o corpo em questão.

O que é uma prótese de silicone?

As próteses de silicone são produtos de material, formatos e modelos variados utilizados em cirurgias de implante mamário. Cada empresa possui um valor de mercado específico para suas próteses, e os formatos também interferem no preço, independente do tamanho desejado pela paciente. Os modelos de próteses variam entre:

  • Cônica
  • Redonda
  • Gota

E dentro dessas categorias, pode haver ainda outras subcategorias.
Há ainda a escolha da consistência do implante, o recheio do material, que varia de acordo com o tipo de pele da paciente:

  • Densidade 1, consistência macia e maior mobilidade, dando efeito natural
  • Densidade 2, consistência um pouco mais firme, indicado para mamas mais flácidas
  • Densidade 3, consistência firme, molda o contorno dos seios e corrige possíveis assimetrias

Como funciona uma prótese de silicone?

Como dito antes, a prótese tem a funcionalidade estética de aumento das mamas, correção da flacidez, casos de assimetria dos seios e reconstrução mamária. A prótese de silicone é posicionada através de intervenção cirúrgica entre o tecido mamário e o músculo peitoral, ou por baixo dos músculos e o tipo de procedimento é escolhido em conjunto com o médico, de acordo com o objetivo desejado.

É necessário um período de espera de 3 a 6 meses para o resultado definitivo do formato das mamas, pois os seios podem permanecer inchados durante a recuperação do corpo.
Existem algumas implicações em relação à escolha de material de sua prótese.

A contratura capsular é a formação de uma membrana fibrosa, ocasionado pela reação e rejeição do corpo ao objeto estranho, causando o endurecimento da mama é até a deformação do implante. Isso torna o aspecto da mama artificial, e pode até causar dor. O risco de ocorrer a contratura capsular de um implante pode ser reduzido a cerca de 1%, se o material for feito de espuma de poliuretano ou de material texturizado. Próteses lisas possuem uma incidência um pouco maior de casos de Contratura capsular.

O valor das próteses de silicone no mercado está custando em média R$ 3 mil reais, podendo variar de acordo com o material e a empresa fornecedora. Este é um mercado em desenvolvimento e as técnicas empreendidas para otimizar o produto e sua reação no corpo são as mais inovadoras e visam alcançar o ápice de segurança da saúde, combinada com a beleza e bem estar da paciente.